Coronavírus: Vizela encerra todas as casas de alterne

A pior notícia que podíamos ter recebido relacionada com o coronavírus chegou. É sabido que em Portugal, as medidas de prevenção têm passado por encerrar estabelecimentos de ensino e por cancelar uma série de eventos culturais tais como espectáculos de stand-up ou concertos mas eis que agora, como parte do plano recomendado pela Direcção Geral de Saúde, eis que as entidades competentes decidiram encerrar TODAS as casas de alterne em Vizela.

Vamos repetir: TODAS as casas de alterne em Vizela. Os presidentes das juntas de freguesia encontram-se perplexos com a decisão e em conversa com a imprensa local, também os locais têm manifestado o seu desagrado. O dono do estabelecimento de alterne No Fim Há Bico explicou ao Digital de Vizela: “É mais do que sabido que os estabelecimentos deste tipo movem toda a economia de Vizela. Sem eles, não sei bem o que vai acontecer. Espero veementemente que sejam tomadas medidas que cancelem este encerramento, porque há pessoas que têm de meter comida na mesa dos seus filhos”.

A situação não está fácil e pela cidade, quer patrões, quer utentes se têm mostrado bastante desagradados com a situação. Um frequentador assíduo de casas de alterne disse à imprensa: “Já não sei o que é bater uma punh3ta há mais de dois anos e infelizmente, vou voltar a saber. Bravo”.

O que dizer?

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.