Devido à quarentena, o monstro de Loch Ness aparece no Rio Vizela

Pois é, afinal não se trata de um mito. Um homem conseguiu fotografar o monstro do Loch Ness no Rio Vizela, provavelmente porque teve a sorte de o avistar quando olhava para a janela, dado que tem vista para o rio. Nunca ninguém tinha visto o monstro, cuja existência sempre foi discutida, mas já há rumores de que a criatura só apareceu porque as pessoas estão confinadas em casa devido ao surto do coronavírus.

Artur Fragoso, que tirou a fotografia, explicou: “Foi tudo muito estranho e fugaz. Olhei para a janela e abri-a para apanhar um pouco de ar fresco depois de tanto tempo em casa e eis que vi uma criatura grande e com a cabeça de fora. Percebi logo que era o monstro do Loch Ness, ou melhor, o monstro do Rio Vizela. As parecenças eram absurdas mas depois de ter tirado fotografia, aconteceu algo inesperado: o monstro levantou um grande mas fininho braço e depois de me ver a mirá-lo…fez-me um dedo do meio. Depois disso, nunca mais o vi”.

Agora, Artur diz que está concentrado em criar uma entidade oficial de busca pelo monstro outra vez, no mesmo rio. Ele diz inclusive que quer recriar a lenda e rematou dizendo. “O monstro tinha mesmo cara de Sandro. A Fundação Sandro vai nascer, aguardem”.

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.